Arquivo da tag: gripe suina no Rio

As epidemias e as mudanças ambientais

Por André Delacerda

Estamos em meio ao início de uma epidemia que começa a se espalhar pelo planeta.

01177992800

Hoje com os avanços tecnológicos e com a modernidade inúmeras vacinas e medicamentos já podem ser desenvolvidos para se combater tais males que atacam a humanidade. Porém, esta mesma modernidade que traz soluções para saúde, também deflaga uma guerra contra o homem. Com os processos de globalização de forma acelera, com a necessidade do homem em extrair mais e mais matéria prima e/ou insumos, este interfere no ecossistema que antes estava em equilíbrio, produzindo assim, a destruição do meio ambiente, a ocupação desordenada, a destruição das florestas, e consequetemente uma reação involuntária da natureza que se manifesta através de catrastrofes ambientais e surtos de epidemias.

favela_bairro_2559_1143750437

Inicialmente o vírus da Gripe Suina se manifestou no México com algumas dezenas de mortes e centenas de infectados, simultaneamente ele também foi encontrado nos Estados Unidos. Supesteita-se que Nova Iorque inclusive já tenha alguns casos, o que se torna uma preocupação, pois cidades como a do México e Nova Iorque com grandes densidades populacionais são ambientes propícios para a proliferação dos vírus e seus efeitos devastadores. Se não bastasse a epidemia em um só continente,  ela rompe as barreiras geográficas e já começa a se manifestar no continente europeu, provocando uma perocupação das autoridades internacionais, que começam a tomar medidas para evitar que esta se torna umas das maiores epidemias, com um agravante maior, que se alastra com facilidade pelo planeta.

Epidemias surgem por vários motivos, desde causas naturais como as provocadas pelo contato com a água contaminada depois das estações das chuvas, tempestades ou monções. Sobre essa contaminação da água, pode-se constatar ai a interferência do homem ao viver em ambientes sem  saneamento básico e o devido tratamento de dejetos, e também com o armazenamento do lixo de uma forma não adequeda.

Há também as epidemias que advem do contato das populações com animais, principalmente as que ocorrem nas regiões tropicais e temperadas da Terra, com destaque a Ásia, onde ocorreu a Gripe Aviária.

Existem epidemias provocadas por mudanças ambientais devido a ação do homem sobre a natureza, que mais uma vez interfere no Meio Ambiente, fazendo com que este entre em desequilíbrio. Um exemplo, seria quando parasitas se multiplicam além da normalidade, devido as alterações nas condições ambientais.  Assim, criam-se vetores para que os parasitas possam ter terreno fertil.

burning the Amazon Rainforest

O certo é que as epidemias têm se beneficiado das alterações climáticas no planeta, do aquecimento global, consequentemente  do aumento das temperaturas, que modificam as formas de vidas, principalmente o comportamento dos microorganismos, e também pelo fluxo migrarório de pessoas e animais.

Assista no vídeo que demonstra como uma epidemia de níveis globais se utilizaria da estrutura aérea para se propagar pelo mundo.

Em uma época em que mais uma grande epidemia se desenha, vale o alerta, a reflexão para que o homem passe a fazer suas ações desenvolvimentista com mais planejamento, tentando diminuir os impactos sobre o meio ambiente, e convivendo com o mesmo de forma equilibrada.

02054029500

Fotos: UENF / Greenpeace / Portal G 1

Anúncios